Pesquisa:
1
06.10.2009
Movimento Sindical
Placar mostra deputados favoráveis às 40h
Miguel Torres
Presidente da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e vice-presidente da Força Sindical



O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes inaugurou na sexta-feira, 25 de setembro, na parte externa do Palácio do Trabalhador, rua Galvão Bueno, 782, Liberdade, um Placar das 40 Horas.

O objetivo é divulgar a posição dos deputados federais e senadores paulistas com relação à PEC 231/95, que prevê a redução da jornada de trabalho para 40h semanais, sem redução salarial. O painel será atualizado à medida que os parlamentares forem definindo suas posições com relação às 40h.

A posição é revelada por cores: bola verde (a favor), bola vermelha (contra) e bola amarela (indeciso).

Clique aqui e veja matéria completa e os nomes dos deputados favoráveis, indecisos e contra a redução.

1
05.10.2009
Movimento Sindical
40 horas aumentará produtividade
Blog 40 Horas
Arte Jaws Digital

Entrevista:

Tadeu Morais, presidente do Dieese e vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes

 
 
Sob a ótica econômica, a redução da jornada também trará benefícios?
Tadeu Morais – Com certeza, sim! A redução da jornada contribui para o aumento da produtividade, já que o trabalhador exercerá seu ofício mais motivado, com mais atenção, concentração e com menos desgaste. A redução de jornada também evita despesa com manutenção e conserto de equipamentos decorrentes da fadiga e do cansaço do trabalhador.

Outro aspecto positivo é a modernização do parque industrial?
Tadeu Morais – Exatamente! Basta considerar que o setor produtivo continua tendo ganhos de produtividade, decorrentes de inovações tecnológicas e organizacionais, mais do que os salários. O câmbio favorece a modernização do parque produtivo das empresas, com a aquisição de máquinas e equipamentos a baixo custo. Já a contratação de pessoal e os aumentos salariais não têm acompanhado o aumento da produção e da produtividade, o que significa mais lucros para as empresas. A jornada de 40 horas é, portanto, uma questão de distribuição de renda e justiça social no País.

Qual é a média de participação do salário nos custos totais de produção?
Tadeu Morais – É inferior a 20%. A redução da jornada representaria menos de 2%, e ocorreria apenas uma vez. Houve desoneração em vários setores da atividade produtiva e redução de tributos com o fim da CPMF, sem redução de preços. Diante disto, as empresas podem perfeitamente arcar com a redução da jornada de 44 para 40 horas semanais. Esperamos que os empresários assumam uma postura mais progressista e deixem de atacar a nossa luta por um Brasil melhor!

1
05.10.2009
Movimento Sindical
Jornada menor é inclusão social
Blog 40 Horas
Arte Jaws Digital

"Do ponto de vista social, reduzir a jornada de 44 para 40 horas semanais, sem redução salarial, produz efeitos altamente positivos para a classe trabalhadora e, consequentemente, para a sociedade brasileira.

Além da criação de mais de 2 milhões de postos de trabalho, a medida permitirá a inclusão social e produtiva de jovens e desempregados. Será possível dignificar e humanizar mais as relações de trabalho.

Além de melhorar a qualidade de vida do trabalhador nos locais de trabalho, a jornada de 40 horas fará com que haja mais tempo para o trabalhador com a família e nas atividades de lazer, estudo e formação e qualificação profissional.

Outra aspecto crucial é que uma jornada menor permitirá a redução do número de acidentes e das doenças profissionais (estresse, depressão e lesões por atividade repetitiva, entre outras). Nossa luta é muito justa e merece o apoio de todos!"

Paulo Pereira da Silva, Paulinho
Presidente da Força Sindical e deputado federal – PDT/SP

 
 

0
05.10.2009
Movimento Sindical
40 horas semanais: uma jornada crucial para o País
Blog 40 Horas
Arte Jaws Digital

"A CNTM, juntamente com a Força Sindical e as nossas entidades filiadas, está totalmente mobilizada para a luta pelas 40 horas semanais, sem redução nos salários, como forma de gerar emprego no Brasil e mais qualidade de vida para a classe trabalhadora.

Depois de aprovada pela Comissão do Trabalho e debatida em Sessão Aberta no Congresso Nacional, a PEC - Proposta de Emenda à Constituição 231/95, que reduz de 44 para 40 horas a carga horária máxima de trabalho por semana, e aumenta a remuneração das horas extras de 50% para 75%, deverá entrar em processo de votação no plenário da Câmara.

O movimento sindical já tem clareza suficiente para defender esta mudança que é de amplo alcance social para os trabalhadores. Precisamos, contudo, massificar os nossos argumentos em defesa da redução perante a sociedade brasileira de um modo geral e, em Brasília, continuar pedindo o apoio e o voto dos parlamentares pelas 40 horas, já!"

Clementino Vieira
Presidente da CNTM-Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos de São Paulo

0
05.10.2009
Movimento Sindical
Ampliar o debate e conquistar
Miguel Torres
Presidente da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e vice-presidente da Força Sindical

Eu quero as 40 horas pois, sob todos os aspectos, esta jornada de trabalho traz benefícios para a classe trabalhadora e para o desenvolvimento do País.

Por isto, com o espírito de unidade e luta do movimento sindical, estamos realizando debates e mobilizações com os trabalhadores e com a população, nas Câmaras de Vereadores, nas Assembleias Legislativas e no próprio Congresso Nacional, onde será votada e, assim esperamos, aprovada a PEC 231/95, que reduz de 44 para 40 horas a carga de trabalho semanal no País. 

É imprescindível, contudo, um envolvimento maior de todas as pessoas neste processo. Cobre o seu deputado, envie e-mail, converse com os amigos e colegas de trabalho e mostre o amplo alcance social da jornada de 40 horas, sem redução salarial, para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Participe! Exija votação, já!

Miguel Torres
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e vice-presidente da Força Sindical

Mais resultados: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42